Feliz agora e próspero para sempre!

natal
foto via stefany-cordedoce.blogspot.com

 

Não é engraçado como pensamos e refletimos nas coisas da vida quando algo acaba? No fim do semestre, quando você recebe o boletim escolar. No fim do mês quando recebe seu salário, no fim da vida de alguém que você ama ou no fim de uma amizade. No fim do ano.

Quando me dei conta que já estávamos nesta data do ano parei por um momento, pensando em tudo que aconteceu. Dezembro parecia muito longe. Foi tão rápido! Quando eu era criança o tempo não passava tão depressa assim. Obviamente sempre tivemos 24 horas por dia, 7 dias na semana e assim vai… Mas com tanta coisa entretendo e ocupando, quantas vezes olhamos para o sol nascer ou ceder espaço para a lua e as estrelas? Quantas vezes, como uma criança, você observou os detalhes de um inseto ou de uma flor? Estamos desatentos.

O natal é uma época que me instiga, particularmente. Porque as pessoas só lembram que devemos amar uns aos outros incondicionalmente nesta época. Mas e se a gente lembrasse disso sempre? Se as promessas do fim do ano não fossem somente promessas de fim de ano,  mas fossem uma busca diária por sermos melhores? Acima de tudo, a comemoração do nascimento de Jesus, ou seja, a sua primeira vinda, me remete muito a segunda vinda, que esperamos ansiosamente.

E então reflito novamente. Será que estamos esperando a segunda volta do nosso Salvador como esperamos dezembro? Despreocupados, achando que ainda há muito tempo para correr atrás de notas nos estudos, muito tempo para ficar fitness pro verão, muito tempo para amar, perdoar… E o tempo está passando. Ninguém sabe o dia, nem a hora (Marcos 13:32) e isso quer dizer que Ele vem de surpresa, como um ladrão (Apocalipse 16:15).

Não pense no que está fazendo com a sua vida quando Jesus vier pela segunda vez. Aproveite essa memória da primeira vinda para isso. Embora pareça distante, longe; embora pareça que ainda há muito tempo, nós temos que estar de olhos bem abertos para os detalhes, para  perdão e para o amor, como as crianças (Mateus 18:3). Ao invés de olhar para o céu brilhante das luzes de fogos de artifício enquanto faz suas promessas, vamos viver olhando para o céu esperando a verdadeira Luz aparecer para cumprir a promessa de nos levar para casa (João 14).

Que neste natal você abra o seu presente. E que neste ano novo você seja uma nova criatura (2 Coríntios 5:17)

Feliz agora e próspero para sempre! 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s