Caminho a Cristo (livro) – Resumo

Este livro foi e ainda é uma inspiração para pessoas cristãs (ou não) que tenham interesse de conhecer melhor a pessoa de Jesus Cristo.

caminhoacristo-elleng-white

Logo no primeiro capítulo Ellen G White se refere a Cristo como o amor supremo, discursando sobre como esse amor é demonstrado nos detalhes da natureza e é estendido no perdão. É a introdução do livro, dando um vislumbre amplo de quem Jesus foi e é. Nas primeiras páginas se encontra um dos trechos mais famosos da escritora norte-americana: “’Deus é amor’ está escrito em cada botão de flor que se abre (…)”. Ela também conta como Jesus era com as pessoas: nunca foi áspero, nunca falou uma palavra severa sem necessidade; falava a verdade sempre com amor. Considerava a todos preciosos e sacrificou seu próprio ser para refazer o elo com a humanidade, por amor. Segundo a autora, somente aquele que conhecia o amor verdadeiro poderia manifestá-lo.

O segundo capítulo é intitulado “A mais urgente necessidade do homem”. Como o capítulo anterior deu a big Picture do conteúdo, a sugestão é objetiva. A natureza humana se tornou tão débil que seria impossível por sua própria força resistir ao pecado. Tal foi essa queda que as coisas divinas não lhe davam mais prazer, e mesmo que mudem condutas não são capazes de mudar o coração. Jesus é a vida, a luz do mundo, a única coisa que sacia a necessidade humana de nascer de novo. O homem deve aceitar os meios que foram oferecidos para a transformação a fim de ser restituído a imagem e semelhança de Deus.

 

O capítulo seguinte fala sobre O poder misterioso que convence. Somente através do intermédio de Cristo podemos atender a sugestão do capítulo dois, e através do arrependimento. Mas como o leitor já foi introduzido no primeiro capítulo, isso não é natural do ser humano, por tanto o papel de convencer os corações pertence ao Espírito de Deus, que age quando o coração cede a influência do mesmo. Ellen White cita partes do Salmo 51 como uma demonstração de arrependimento pleno. Quando a compreensão do tamanho do amor de Deus e nossa necessidade de aceita-lo, o coração, como diz a autora, se derrete.

Posteriormente o leitor é introduzido a um pequeno discurso sobre a paz interior, que é o resultado de ter compreendido e posto em prática os capítulos anteriores. Segundo Ellen, o coração nesse estado de arrependimento e aceitação a Deus consegue ter a sensibilidade para sentir o amor que Ele oferece.

E o caminho a Cristo não acaba nesses passos. A consagração é uma etapa de relevância, pois trata da busca de coração completo, como quem procura algo muito importante que tenha perdido (Jeremias 29:13). A guerra contra o próprio eu, o próprio orgulho, compõe as batalhas mais difíceis que alguém pode lutar. Para tanto, para que a alma seja renovada em santidade, deve ser entregue por completo a Deus, em submissão –  o que significa abandonar tudo o que separe o pecador do Salvador.

Conforme a jornada continuar, uma palavra tão pequena quanto um detalhe não pode passar despercebida: fé. O sexto capítulo  se chama “Maravilhas operadas pela fé”. Quanto mais a consagração a Deus for posta em prática, mais parecidos com Ele e com suas vontades o homem é. A autora cita histórias bíblicas das quais os personagens exerceram a fé e receberam de graça a benção de Deus, por simplesmente acreditar que poderiam recebe-la (Mateus 9:6, João 20:31). O fato de acreditar que Deus pode salvar e ajudar, moldam atitudes que agradam ao Senhor.

Dessa forma, a renovação é encontrada no meio do caminho. Quando os passos anteriores forem completados, o homem estará submetido ao Espirito Santo renovador de Deus. Se o ser humano deixar que Deus molde seus pensamentos, palavras e ações, ele já não pertence a ele mesmo, mas a Deus. Agora as mudanças são notáveis: quem outrora fora uma pessoa irritadiça, hoje é branda. E essa é a maior prova do arrependimento e recusa do pecado e os frutos do Espírito Santo.

Quando isso acontece, a bíblia chama de nascimento. Ninguém nasce adulto, mas vai crescendo e se desenvolvendo. O oitavo capítulo conta o segredo do crescimento: intimidade e dependência de Cristo (João 15:4,5), pois do contrário o ser humano irá regredir até perder todo o  trajeto até Jesus. Ellen White aconselha que Deus seja a primeira preocupação do dia e que o homem seja suscetível e obediente, assim como uma criança do adulto. Sendo assim, a nova criatura em Cristo cresce e se desenvolve ao lado Dele, aprendendo Dele e sendo como Ele.

O maior prazer de Cristo é levantar e redimir a humanidade caída. Não há prova maior do que a cruz. Além disso, os anjos de Deus estão sempre empenhados em dar felicidade ao ser humano. O espírito de abnegação e amor de Cristo será o mesmo para aqueles que o seguirem. Portanto o desejo do discípulo de Cristo será trabalhar pela felicidade dos outros. Esse é o gozo da colaboração que a autora aborda como nono passo até Cristo. Seus colaboradores possuem os mesmos sonhos de Deus para a vida eterna.

Posteriormente a autora fala sobre a linguagem da providência. Ellen White conta que Deus tenta se comunicar conosco através de muitos meios, e a natureza é uma das formas de Sua revelação à humanidade. O Senhor deixou marcas e mensagens em árvores, pássaros, flores, montanhas e em todo o adorno terrestre. Dessa forma deseja que as pessoas cultivem sensibilidade e pureza para que aprendam a confiar e obedecer. Se isso for uma realidade, a ansiedade desaparecerá. Além disso, a revelação de Deus também está em sua Palavra: a Bíblia, da qual Deus o Filho é protagonista. E hoje o Espírito Santo é a revelação de Deus para a geração atual.

Neste estágio, Ellen White lança uma pergunta ao leitor: Se Deus se comunica conosco, podemos nos comunicar com Deus? A autora diz que é necessário que o homem abra seu coração, do contrário não faz nenhuma diferença toda a revelação e a linguagem que o Senhor tenta ter com seus filhos. Para tanto a oração é um dos passos para chegar até Cristo. Jesus mesmo quando estava na terra orava com frequência, e Ele foi um exemplo do que o ser humano deveria ser. Jesus ensinou as pessoas como orar. O homem deve apresentar a Deus seus agradecimentos com louvor, com prazer.

Por mais bela que seja a mensagem apresentada, muitos ainda tendem ao ceticismo. Especialmente aqueles que estão começando o primeiro contato têm muitas dúvidas. Deus por sua vez não exige que todos creiam Nele sem ter dado evidências suficientes. Existem muitas coisas na bíblia que não se explicam e que não da pra entender e o inimigo de Deus se esforça por fazer disso uma sombra no Caminho a Cristo. O Senhor nunca impediu suas criaturas de terem dúvidas, pois é impossível para o ser finito entender a divindade infinita, por isso a fé precisa ser exercitada bem como a confiança.

Isso tudo acontece porque os seres humanos na condição de filhos de Deus são chamados a serem como Cristo. Se for permitido morar no coração dos seus discípulos, Jesus irá falar as outras pessoas através dos mesmos. O que a autora quer dizer em suma é que quando a pessoa chega no final do Caminho para encontrar com Cristo e esse encontro acontece, ela precisa refletir a Cristo. Isso não é uma obrigação imposta a ela, mas um desejo consumidor provindo de uma paixão. A vida e o caráter irão refletir a pessoa de Jesus Cristo, que reflete a Deus. Dessa forma, o homem volta a ser a obra-prima original que Deus o planejou para ser: a imagem e semelhança do Pai. E esse é o último capítulo, intitulado “a fonte de regozijo e felicidade”. Seguindo o caminho com Cristo aqui na Terra, os herdeiros de Deus seguirão a rota até a Cidade Eterna, onde cada um deles está sendo esperado.

Este livro também foi um oferecimento de Stephan Max aos granjeiros 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s