Encontro Inesperado

Jericó era uma cidade que na entrada se deveria pagar impostos. Um cobrador era chamado Zaqueu, que nasceu em Jericó e se tornou funcionário de Roma, coletando impostos e mandando parte disso para César. Ele era um homem rico, mas infeliz. Tinha família mas era insuficiente e por ser  considerado corrupto, não tinha amigos. Ele queria que as coisas fossem diferentes, mas não conseguia. Em um momento ouviu falar de Jesus e quis O conhecer. Mas como encontrá-lo? Sua vontade o levou a ver. Não basta apenas querer ver Jesus, temos que nos colocar no caminho dEle.

Em Lucas 19:1 o verso dá a ideia de que Jesus estava de passagem pela cidade, não ia ficar por lá. Zaqueu sabendo disso, procurou vê-lo  e por sua vontade quis saber quem Ele era. Como era de baixa estatura, até subiu em uma árvore para ver. No vs 5, lemos que não era plano de Zaqueu que Jesus fosse até sua casa. Ele se colocou no caminho de Jesus e agora era Jesus que queria estar com ele. Jesus não queria o dinheiro de Zaqueu, mas algo que estava com o seu dinheiro: seu coração.  Satanás te apresenta os pecados para você cair, e o que fazia Zaqueu pecar era seu amor pelo dinheiro. Como o inimigo tem se apresentado a você? Em uma música ou em então em um desejo? Não sei, mas devemos nos livrar do que não nos leva a Deus.   Nos versos 8 e 9, lemos que apenas a intenção de tomar a decisão fez Jesus admitir que Zaqueu estava salvo do seu pecado. Da mesma forma, o pecado começa no pensamento e não no ato. Zaqueu ainda não havia feito nada, mas foi o suficiente para Jesus dizer que ele está livre do pecado, por se arrepender. Isso é suficiente para mudar o seu viver.

Depois disso Jericó nunca mais foi a mesma. Zaqueu cumpriu o que disse, devolvendo o dinheiro roubado quatro vezes mais e dando aos pobres. As pessoas perguntavam o porquê de ele estar distribuindo dinheiro, e ele responde que era era porque Jesus posou em sua casa, além disso, não sabia o que dizer. Nesse encontro inesperado, mudou todo o rumo da sua vida. E agora a cidade Jericó, que o via como um ladrão, o vê como um homem que amava o povo e o servia, mesmo servindo Roma. Não basta ter dinheiro, família ou amigos. Para sermos verdadeiramente felizes necessitamos de Deus. “E todas as outras coisas serão acrescentadas”.

Talvez você pense em sua casa e peça para que Deus pose em sua casa, fazer lá na sua casa o que fez na casa de Zaqueu. Quando Jesus posa em nossa casa é permanente. Antes que tudo se destrua, peça para Jesus habitar na sua casa, no seu quarto… Tirar as intrigas, queixas, diferenças, tirar a raiva e colocar harmonia. O culto familiar faz muita diferença em um lar. “Confie no Senhor e o mais ele fará

(Pregação pelo pastor Kuarup – 28.08.12)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s